EMDR Treinamento & Consultoria

+55 61 3443 8447 Envie um email

Menu
EMDR

Glaci Faingluz

CRP: 07/1726

Especialista em Psicologia Clínica
Terapeuta de EMDR

Atendimento individual: Adultos

Olá

Seja bem-vindo a este espaço de reflexão.

Após quase 30 anos trabalhando na área clínica, com Psicanálise, encontrei o EMDR. Esta é uma forma de Psicoterapia Breve, que traz a possibilidade de você se reconectar consigo mesmo no presente, deixando o passado no seu lugar, que é o passado.

Minha experiência pessoal, vivenciando o EMDR foi fantástica, o que me levou a trabalhar com esta abordagem, e os resultados obtidos tem sido extremamente gratificantes.

Assim, pensei em você, e nos motivos que lhe trouxeram até aqui:

1°) Você pode estar buscando novas opções de Psicoterapia, por já ter procurado inúmeros tratamentos SEM O RESULTADO DESEJADO;

2º) Você pode ter curiosidade de saber sobre trauma psicológico;

3º) Você pode estar buscando informações sobre formas de Psicoterapia que trabalham com traumas psicológicos, por ter vivido uma situação traumática e estar procurando ajuda;

4º)  Você pode estar aqui para buscar auxílio para um amigo ou familiar;

5º) Você pode ter ouvido falar em EMDR e quer saber mais sobre  a abordagem, e saber se é indicada somente para tratar traumas.

Obviamente podem existir muitos outros motivos para você estar aqui, agora. Então resolvi esclarecer um pouco mais sobre trauma psicológico e EMDR conversando com você.

Quando falamos em trauma psicológico, é importante salientar que, para muitas pessoas, uma situação trágica (perda de alguém, ameaça, assalto), não significa que venham a desenvolver um trauma. Um bom indício da presença do trauma é a impressão de que está tão vivo na memória que parece que aconteceu hoje ou ontem, A experiência passada permanece no presente, apesar de poder ter acontecido há muito tempo. É um grande sofrimento. Silencioso. Com grande repercussão. Repercussão que só quem vive sabe. Onde a vida passa a ser UMA QUESTÃO DE SOBREVIVER E NÃO DE VIVER.

Talvez para entender melhor, possamos fazer uma relação entre trauma psicológico e armários cheios.

Como assim?

Bem, quando nossos armários estão cheios, não conseguimos colocar mais nada, pois não há espaço, certo? Se quisermos acrescentar mais coisas, não é possível. Precisamos reorganizar. Com nossos “armários emocionais” ocorre a mesma coisa. Se eles estão lotados, não podemos colocar mais nada. O trauma pode “lotar nossos armários” e não dar espaço para outras coisas que podem ser úteis e positivas para nós. As coisas boas não encontram espaço. Os “armários emocionais” também podem ser reorganizados.

E o EMDR? O que é isto?

O EMDR traz a chance de integrarmos o lado emocional com o racional.

Há um entendimento, referente a aspectos traumáticos, onde o emocional não é mais o predominante. Não ficamos mais a mercê das emoções. Há estudos recentes, que mostram a capacidade de nosso cérebro de criar novas redes que auxiliam no tratamento da superação de traumas psicológicos e dificuldades emocionais.
Isto tudo pode trazer transformação, onde você se torna agente ativo da mudança, tomando as rédeas da sua vida.
Assim, na dúvida entre carregar um peso emocional desnecessário pela vida ou experimentar uma intervenção com EMDR, tente a segunda alternativa.

O EMDR foi utilizado inicialmente para tratar traumas, mas tem sido utilizado com grande sucesso em várias situações, como por exemplo: LEMBRANÇAS DOLOROSAS, ANSIEDADE EXCESSIVA, MEDOS, DIAGNÓSTICO DE DOENÇA GRAVE, PERDAS, FOBIAS, TOC, LUTO, DEPRESSÃO, MANEJO DE DOR CRÔNICA, SITUAÇÕES DE ESTRESSE, COMPULSÃO ALIMENTAR E OBESIDADE, SITUAÇÕES DE CRISE, TEMAS FAMILIARES, DIVÓRCIO E SEPARAÇÕES e outros temas que são difíceis de lidar. Neste tratamento novas redes são acessadas, proporcionando, inúmeras vezes, um “efeito dominó”, trazendo bem-estar e novas formas positivas de lidar com outras situações.

EXISTE VIDA DEPOIS DO TRAUMA E DE SITUAÇÕES EMOCIONAIS DIFÍCEIS.

Um grande abraço

Glaci

Acesse o site glacifaingluz.com.br e leia depoimentos.